quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Homeruns para o Céu, Sua Graça Não Voltará para Ele Vazia

Homeruns para o Céu, Sua Graça Não Voltará para Ele Vazia
Homeruns for Heaven, His Grace Will Not Return to Him Void
11 de Dezembro, 2014

[A Expressão “HomeRuns” utilizada nessa mensagem vem de uma ação praticada durante o jogo de Baseball, onde o jogador rebatedor golpeia a bola com o taco e imediatamente corre (runs) a pista até alcançar a “Home” (base) para conquistar pontuação ao seu time]

Bem-vindo, família do Youtube. Esta noite eu quero compartilhar algumas coisas de nosso livro Crônicas da Noiva. Na verdade, apenas uma passagem específica. Mas, antes de fazê-lo, quero dizer que acredito em meu coração que a melhor maneira possível de ajudá-lo com discernimento, para ajudar a todos nós com discernimento, é ser transparente e honesta com você sobre minhas faltas e deficiências e sobre os momentos em que o Senhor teve que me repreender ou corrigir. Ou eu estava mal orientada e Ele teve que mudar minha orientação, ou fui enganada e tenho que deletar algo. Acho que esta é a melhor maneira possível de compartilhar com você o que Ele me ensinou com discernimento.

Em 9 de março de 2007, eu estava no céu com o Senhor. Jesus e eu estamos em um pequeno veleiro cruzando um lago muito grande, indo na direção de algumas montanhas íngremes em uma costa distante. Eu me vejo jovem, na proa de um veleiro. Entramos em uma enseada exuberante com selva densa, escalando colinas íngremes de cada lado. A água é de esmeralda pura com um fundo de areia branca. Estamos nos aproximando de um píer no final da enseada, onde uma pequena multidão de mulheres e crianças nativas saiu animadamente para nos cumprimentar. Estou bastante surpresa porque não conheço nenhum deles, mas eles parecem me conhecer. Jesus respondeu aos meus pensamentos não ditos, dizendo: "Você é a mãe deles."

"Eu sou?" Respondi incrédula: "Mas como pode ser isso, Senhor?"

“Qualquer um que faz a vontade do Pai, é Mãe para eles.”

Depois que chegamos ao cais, Jesus saiu primeiro e depois me ajudou. As crianças imediatamente o cercaram, depois eu e começaram a colocar orquídeas no meu cabelo. Uma das nativas corpulentas se aproximou de mim com um grupo de senhoras e colocou um escapulário de cetim branco primorosamente bordado com fios dourados e nós franceses de seda branca aparando as pontas. Foi simplesmente lindo! São produzidos com excelente habilidade.

Jesus explicou: “Eles fizeram isso para você por causa do seu grande amor por eles. Muitas graças dispensadas em seu nome foram para eles. Naqueles tempos em que outros não correspondiam ao nosso trabalho, as graças foram derramadas sobre um povo pobre e simples que o faria. Há muitos santos aqui, santos excepcionais.”

Um garotinho se espremeu no meio da multidão com uma garota mais velha logo atrás dele e me trouxe uma concha de ostra com uma linda pérola no centro. Ele olhou nos meus olhos e eu nos dele; eles eram como janelas para a eternidade. Um menino pequeno, mas com a alma imensa. Por um breve segundo, entendi um pouco da embriaguez que devemos causar ao Senhor com nosso amor por Ele e por que Ele estaria disposto a sofrer tão terrivelmente apenas por esta alma preciosa. 

Jesus o apresentou a mim: “Seu nome é Pantutu, e sua irmã é Eruru. Eu guardei isso para você como uma surpresa muito especial. ” (É o dia seguinte ao meu aniversário.) Estou tão emocionada, tão grata que meus olhos se enchem de lágrimas.

"O que posso fazer por você, pequena?" Perguntei.

Ele respondeu: “Você já fez tanto!”

"Precioso!" Beijei sua mãozinha e o coloquei no meu colo. Segurando-o, ele descansou sua cabecinha sobre meu coração e eu me senti atraída por uma troca insondável de amor. Quando voltei a mim, estávamos partindo no veleiro. Eu olhei de volta para o pequeno Pantutu que estava acenando e disse: "Senhor, não há algo especial que possamos dar a ele?" Jesus me entregou uma pequena corrente de ouro e medalhão que tinha Sua imagem gravada nele. Dentro havia duas fotos, que não vi. Eu joguei para ele na margem e, tomando em suas mãozinhas, ele o examinou cuidadosamente, então olhou para cima com um sorriso gigante.

Jesus me assegurou: “Meu amor, este é um lugar real no céu, com almas reais, sua própria descendência, nossa descendência”. Nesse ponto, nosso veleiro começou a se mover gradualmente para fora da enseada.

Eu estava acenando um adeus e ele começou a correr ao longo da costa nos seguindo. “Pantutu! Me mantenha em suas orações!" Eu disse, sabendo que as orações de almas puras têm muito peso para o pai.

"Você é a razão de ele estar aqui." O Senhor observou. “São as suas orações e ofertas que liberaram as graças para tornar possível a salvação dele. Tantas crianças, tantas almas que você não conhece, tantas surpresas!”

Eu só pude chorar lágrimas de agradecimento por ver tais frutos no céu. Refleti mais tarde, depois que essa experiência acabou; muitos anos atrás, eu desejava ir para a África como resultado de uma visão que tive durante a oração, de mulheres e crianças pedindo ajuda com os braços abertos. Eles viviam na miséria e muito destituídos. Eu queria ir até eles, mas como o Senhor queria, a obediência nos manteve nos Estados Unidos, mas nunca os esqueci. E parece agora que aquele ministério que não parecia frutífero aqui na América, de alguma forma mística, deu frutos na África.

O Senhor prometeu: “Minha Palavra não voltará para Mim vazia, ela cumprirá aquilo para que a enviei”.

Acreditamos que o Senhor fez todo o trabalho necessário para a salvação de cada alma, na cruz, mas alguém deve levar a mensagem, e para isso as orações, jejuns e outras ofertas agem como um catalisador para liberar as graças de que precisam na missão de campo. Tem sido nossa experiência que quando trabalhamos por uma alma e eles não aceitam a graça, (uau, isso é doloroso ...) o Senhor em Sua economia perfeita de salvação, dá a graça a uma alma que está pronta para aceitá-la, de modo que mesmo aqueles que estão distantes do campo missionário, com suas ofertas, ajudem os que estão trabalhando.

Esse é o fim da história de Crônicas da Noiva, uma história muito curta.

Agora, eu quero ir para a mensagem que tenho com isso como pano de fundo, para que você entenda o que estou falando nesta mensagem e a que o Senhor está se referindo. É intitulado, "Home Runs para o Céu".

O Senhor começou: “Por que duvidou do Meu amor por você? Eu estou sempre aqui com você. Há momentos em que devo me retirar, tanto para sua saúde espiritual quanto para as graças dadas a outras almas.”

Aqui, Ele estava se referindo à minha capacidade de perceber a sua presença.

“Isso não muda nada na substância do Meu amor por você. Meu amor sempre presente está com você e para você. Eu nunca te abandono - nunca! É apenas uma ilusão criada por sua própria mente, sob a influência do inimigo. Sim - raciocine em sua própria mente. É verdade que vim até você quando não estava feliz com você, para ajudá-lo a superar suas falhas e transmitir-lhe instrução, amor e encorajamento. Então, veja, Minha presença não depende do seu favor. É o Meu amor que te visita e o Meu amor que se abstém de visitá-lo de maneira senciente (ou seja, perceber pelos sentidos). Eu estou contigo. Nesse Momento. Para todo o sempre. Você estende a mão para Mim e Eu estou lá. Quer eu responda de uma forma senciente ou não - Eu respondo. Pode uma mãe NÃO responder ao choro de seu filho? Da mesma forma, Eu respondo a você com as graças apropriadas. Você pode ou não perceber COMO estou respondendo, mas Eu estou respondendo.

“Nesse ínterim, Graças conscientes estão fluindo em abundância na África e ao redor do mundo. Então você vê? Nada está perdido. Nenhum sofrimento em Meu nome está perdido. Tudo é aproveitado e bem distribuído para o solo fértil que está pronto para receber a semente.

“Veja, Eu sou como o banqueiro muito sábio que pega seu investimento e produz cem vezes mais para o Reino de Deus. Você, por sua vez, Me deu seu sofrimento para ser usado sem quaisquer condições, e Eu, de minha parte, invisto onde produzirá mais frutos. Como você pode perder? Entenda isso, querida filha. Embora Eu saiba que sua mente carnal está severamente impedindo você de compreendê-la - quando me pareço mais distante, estou marcando muitos homeruns para o Reino de Deus. Embora esses jogos e suas pontuações estejam escondidos de você, um dia você verá como cada teste severo de fé foi para a conversão de almas.

“Basta dizer a si mesmo nessas situações:‘ Jesus está marcando home runs para o céu! ’”

Vou entrar nisso muito mais - acho que sim em alguns dos ensinamentos anteriores. A economia do sofrimento e como o Senhor libera graças quando jejuamos, oramos e oferecemos a Ele tudo o que acontece em nossa vida. Há um tremendo mérito em carregar sua cruz SEM reclamar e oferecê-la ao Senhor.

Então, Deus os abençoe família do Youtube, e espero mais uma vez que essas mensagens os abençoem. Agradeço sua sintonia em nosso canal - obrigado. O Senhor os abençoe com um discernimento aguçado e uma compreensão profunda de si mesmo no Senhor. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário