sábado, 19 de março de 2016

TEXTO: A videira de Nosso amor e a idade da responsabilidade

Tradução: Daiana Pinheiro
29 de fevereiro de 2016
O Senhor esteja convosco, moradores do coração.
Desde que eu estive presa trabalhando no pen drive, Ezequiel foi recebendo algumas mensagens do Senhor. Vou compartilhar algumas entradas de diário que ele fez, que estão indo para o segundo volume de As Crônicas da Noiva - que já está sendo feito no tempo que nos resta.
Ele começou:
Obrigado, Senhor Jesus, por fazer-me entrar em sua santa presença mais uma vez. Eu quase não posso acreditar que estou aqui novamente, apenas após a meia-noite no domingo de manhã. Eu quase não posso acreditar que já faz algumas semanas desde a última vez que você falou. Eu queria uma palavra Rhema de Ti, para saber melhor o que está em seu coração e mente. Eu puxei um cartão de uma de nossas caixas de palavras Rhema e li esta palavra bonita de Ti. "Eu estou trazendo-o em minhas recâmaras."
Oh, meu Deus e meu Rei, isso que é um convite maravilhoso! Eu sei que houve algumas vezes no passado, quando você me levado para ver o lugar que você preparou para mim. E agora, você está realmente querendo me levar para suas próprias recâmaras? Tudo parece um pouco demais ... Quer dizer, eu não acho que eu tenho sido um bom servo para você ou para os outros recentemente. Estive muito distraído com a minha própria doença e dor.
Eu tive que trabalhar duro só para lembrar de agradecer por todas as muitas coisas que você fez por nós e em nós e através de nós. Eu sinto isso no meu coração, mas eu sei que eu não disse o suficiente. Estou envergonhado de dizer que eu não aprecio tudo e todos mais.
O Senhor começou, "Meu amado e Meu único mui amado. Você não sabe até agora o acordo de longa data entre mim e sua alma?"
Perdoe-me, Senhor. Eu esqueci muitas coisas. A única coisa que me lembro é uma espécie de oferta silenciosa em que eu tento dar o meu horário normal de sono para lhe fazer companhia durante a noite, e ir dormir um pouco antes ou depois do amanhecer. Agora que está começando a ficar mais quente do lado de fora, é um pouco mais difícil, porque há tantas coisas lá fora, no mundo, e eu estou tão facilmente distraído pela beleza do exterior e sua criação!
Depois de ter experimentado a doçura da sua presença, a vida na Terra parece ser absolutamente nada para mim. Eu prefiro muito mais me dobrar em um pequeno nicho em algum lugar, onde eu poderia simplesmente estar com você e orar.
O Senhor respondeu: "E isso é precisamente o que eu quero dizer! É por causa de uma singular graça que tenho incutido dentro de você. Esta é uma graça muito especial que eu tenho reservado ao longo dos séculos, concedendo apenas para aqueles cujo principal desejo na vida é estar em minha presença e permanecem lá a todo custo.
"Eu já disse isso antes, que a pessoa, lugar ou coisa em que você mais encontra a sua mente a deriva ... Essas pessoas, atividades e de outras coisas que você tem um apego habitual; são as raposinhas que destroem a videira. O que é a Videira? Ela é a videira do nosso amor.
"É bom que você esteja convidando Meus anjos, mais particularmente o seu anjo da guarda. Dei-lhes a carga sobre você. E uma coisa muito importante que eles fazem para você é lembrá-lo. Eles trabalham muito de perto com o Meu Santo Espírito, de quem está escrito: "ele vos guiará a toda a verdade acerca de mim. '
"Então, para o seu desejo de conhecer melhor o que está em meu coração e mente, saiba disso: Como com você, muitos dos Meus pensamentos vêm e vão. No entanto, nenhum deles jamais é perdido. Mas eles são mantidos nos sagrados anais da eternidade. A única exceção a isto são os pecados que foram sinceramente confessados  e que você se  arrependeu. Tanto eles como qualquer pensamento deles são lançados no mar do esquecimento. Eles simplesmente são engolidos no oceano da Minha Insondável Misericórdia e não existem mais.
"O único pensamento, no entanto, que nunca, nunca deixa a minha mente é almas.
"Almas! Almas! Eu nunca poderia esquecer as massas de homens que não foram salvos e mulheres e adolescentes. Eu propositadamente não mencionei  as crianças. Por quê? Porque uma criança ainda não possui as faculdades mentais dos mais velhos. Estou falando sobre ter uma consciência formada. Em outras palavras, as crianças mais pequenas, até a idade de 6 ou 7 anos simplesmente não têm experiência de vida ainda para fazer de um "sim" ou "não" uma decisão absoluta como um ato de sua livre vontade. Nem têm uma compreensão completa do que exatamente é o "pecado".
"Isso tudo é para dizer que, na verdade, de acordo com os pais da criança e as circunstâncias que cercam a vida da criança, eles não podem ser responsabilizados em uma idade tão jovem. A verdade é verdade, e cada alma é diferente, dependendo da graça  que a ele ou ela é dada, naturalmente há, as situações mais raras, em que uma criança de 7 anos ou menos pode muito bem já ter uma consciência bem formada, mas lembre-se sempre: comigo há uma insondável misericórdia e uma plenitude da redenção .
"Eu cuido de cada cordeiro e amorosamente embalo cada ovelha.
"Vá agora, e faça o mesmo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário