sábado, 20 de junho de 2020

Os Pobres em Seus Portões


Os Pobres em Seus Portões 
The Poor at Your Gates
20 de Junho, 2020

Que o Senhor amoleça nosso coração e que possamos sentir da mesma maneira como Ele se sente em relação a nossos irmãos e irmãs que são pobres. Você sabe que o Senhor está muito preocupado neste momento pelo Seu povo, porque há muitos que vivem por si mesmos. Eles são cristãos pelo nome, mas suas ações não os convencem. Na mesma noite em que recebi a mensagem do Senhor sobre o arrependimento e o arrebatamento há apenas alguns dias, Ezekiel estava em seu quarto recebendo esta mensagem. Você sabe que eu não falo severamente, na maioria das vezes, mas isso é urgente e foi o que foi dado a Ezekiel. Esta mensagem pode não se aplicar à maioria de vocês, no entanto, para aqueles a que se aplica, deve ser dada.

O homem sabe a hora, o dia ou até o ano. Mas todos sabemos que o arrebatamento pode acontecer a qualquer momento. Jesus está preocupado porque há muitos que vivem para si mesmos e evitam os pobres, como um pano sujo. Eu conheço bem esse sentimento. Eu costumava ser um desses e poderia retroceder da noite para o dia se o Senhor não mantivesse um bom coração em meu coração.

Lembro que me vestir para a igreja no domingo de manhã era como se preparar para um desfile de moda. Lembro-me também, de evitar aqueles que iam à igreja com roupas tristes, lembro dos bons almoços de restaurantes depois da igreja e de ver os pobres caminhando para casa ou lutando para dar partida no carro com quatro crianças empilhadas dentro. Eu era um cristão muito vaidoso e superficial e sabia que havia algo errado no meu coração. Então um dia o Senhor abriu meus olhos e meu coração para os pobres.

Eu adorava sentar na frente da classe da Escola Dominical, enquanto os coxos e pobres sentavam atrás. Chegou um momento em que comecei a sentir compaixão e queria me sentar com eles. Comecei a não gostar de mim mesma e tudo o que eu queria era ser livre e sentar com os pobres. Isso sem dúvida foi uma graça. Pouco tempo depois, saí da igreja de classe alta de Washington DC e me tornei uma irmã franciscana. Me apaixonei pelo exemplo que São Francisco deu ao seguir os passos de Cristo, São Paulo e os primeiros apóstolos. Eu podia sentir a justiça própria que eu tinha e isso me deixou doente de coração, ansiava por essa humildade e pobreza evangélica, que Jesus vivia com os primeiros discípulos. Então agora estamos vivendo uma vida semelhante à nossa pequena comunidade aqui em cima nas montanhas, fazendo todo o possível para aliviar o sofrimento dos pobres entre nós e das crianças traficadas ao redor do mundo.

Não estou dizendo que já alcancei, eu estou dizendo que me afastei do mundo para seguir nosso Senhor, mas sempre há espaço para melhorias. Por exemplo, enquanto eu estava editando esta mensagem, uma chamada telefônica veio de uma pequena e pensei: "Ligarei de volta depois que terminar de editar essa mensagem, ela pode esperar.” Mas acredito que o Senhor não ficou satisfeito com essa atitude, porque quando voltei à edição, de repente, o som não funcionou. Eu não conseguia ouvir nada. Não consigo editar sem ouvir ... posso? Senti compaixão em minha consciência e parei o que estava fazendo para ligar de volta imediatamente. Você vê, eu tenho um longo caminho a percorrer para alcançar a perfeição. Portanto, ofereço-lhe esta mensagem com temor e tremor, sabendo que sempre poderia fazer mais pelo Senhor que vive nos pobres e deseja ver Sua Igreja cuidando de todas as suas necessidades.

A mensagem de Ezekiel começou com o Senhor dizendo:

“Filho do homem, escreva estas palavras,

Quanto tempo, quanto tempo você vai esmagar os pobres em seus portões?

Você pergunta: “Que pobres? Que Portões?

Você os vê claramente, todos os domingos. Você os evita a todo custo.

Estes são os Meus Pequeninos, que vocês escoltam tão alegremente para os bancos de trás quando se reúnem. Eles são os "não-bonitos". Aqueles de quem você diz, “Depressa! Depressa! Você e seus cônjuges, com suas sobrancelhas irritadas, voltam-se um para o outro dizendo: “Oh não! São eles de novo!

Enquanto isso, vocês pastores abaixam a cabeça, para não vê-los, enquanto lê e relê as notas de suas mensagens compostas com habilidade; mas corrompendo a verdade das Minhas Sagradas Escrituras, a favor dos ricos.

Você já não leu repetidas vezes as minhas advertências para vocês? O jejum de que preciso é alimentar a viúva e o órfão, acolher o estrangeiro em seu meio e não virar as costas por conta própria. Sim, o seu próprio - seu próprio parente em Mim, a menor dessas Pedras Vivas que deveriam ser construídas como um edifício, em Meu Corpo. Não se desculpem dizendo: "Estamos aqui para adorar e sermos ensinados, para não esperar aqueles que devem ter o bom senso de cuidar de si mesmos?"

Se isso não bastasse, após o serviço, vocês rapidamente passam despercebidos na multidão, a caminho de seus carros limpos e recém-polidos. Vocês intencionalmente evitam esses "esfarrapados" que são tão simples e claros.

Quantos são eles, que desejam ser convidados para seus almoços? Você os vê andando, agora no calor do dia, contando suas poucas moedas para ver se eles têm o suficiente para pagar a tarifa do ônibus. E, no entanto, você passa rápido por eles na avenida, tomando muito cuidado para não fazer contato visual.

Você espera ser levado para o céu quando Eu chegar? Eu lhe digo solenemente: você não provará o Meu banquete, nem será arrebatado às nuvens. Em vez disso, você permanecerá em total descrença, enquanto observa os inferiores subindo, para estarem comigo para sempre.

Quantos de vocês vão me chamar, com tanto medo do que está em perspectiva para vocês? Sim, sofrimento que nunca foi visto e nunca mais será visto na terra. Ais de ais serão acrescentados a vocês, que discriminaram os pobres em seus portões.

E esse foi o fim da mensagem do Senhor para Ezekiel.

Não sei como isso afeta vocês, mas sei que fui culpada disso e nunca mais quero ser culpada disso novamente. Somente o Senhor pode mudar nossos corações, queridos. Se você faz parte das pessoas bonitas ou dos cristãos de classe média que não têm tempo para os pobres. Detesto dizer isso, mas você não vai com o Senhor no arrebatamento. Lembre-se de que Ele disse que separaria as ovelhas dos bodes.

Em Mateus 25, Jesus disse:
31 “Quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os anjos com ele, ele se sentará em seu glorioso trono. 32 Todas as nações se reunirão diante dele, e ele separará o povo um do outro, como o pastor separa as ovelhas dos bodes. 33 Ele porá as ovelhas à sua direita e os bodes à sua esquerda. 34 “Então o rei dirá aos que estão à direita: Vinde, vós que sois abençoados por meu Pai; tome sua herança, o reino preparado para você desde a criação do mundo. 35 Porque eu estava com fome e você me deu algo para comer, eu estava com sede e você me deu algo para beber, eu era um estranho e você me convidou para entrar, 36 eu precisava de roupas e você me vestiu, eu estava doente e você cuidou eu estava na prisão e você veio me visitar. 37 “Então os justos lhe responderão:‘ Senhor, quando te vimos com fome e te alimentamos, ou com sede, e te demos algo para beber? 38 Quando te vimos um estranho e o convidamos para entrar, ou precisando de roupas te vestimos? 39 Quando te vimos doente ou na prisão e fomos visitá-lo? 40 "O rei responderá: 'Em verdade vos digo, o que você fez por um dos menores irmãos e irmãs, você fez por mim.' 41 “Então ele dirá àqueles à sua esquerda:‘ Afaste-se de mim, você que é amaldiçoado, no fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos. 42 Porque eu estava com fome e você não me deu nada para comer, eu estava com sede e você não me deu nada para beber, 43 Eu era um estranho e você não me convidou para entrar, eu precisava de roupas e você não me vestiu, eu estava doente e na prisão e você não cuidou de mim. 44 "Eles também responderão: 'Senhor, quando o vimos com fome ou sede ou um estranho ou precisando de roupas ou doente ou na prisão, e não o ajudaram?' 45 "Ele responderá: 'Em verdade, em verdade, o que você não fez por um desses menores, você não fez por mim.' 46 “Então partirão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna.”

E há outro lugar nas escrituras onde as pessoas respondem ao Senhor e dizem: "Mas eu preguei e curei em seu nome e entreguei pessoas em seu nome" e Ele lhes disse: "Eu nunca te conheci". E que isso tudo, é sobre conhecer o coração de Deus, conhecer o coração de Deus e Ele te conhecer e você ter um coração com Jesus. É sobre isso que nos perguntam, é o que será examinado em nossas vidas. Nós aprendemos a amar? Nós aprendemos a dar? Não me lembro se foi com Oral Roberts ou um evangelista muito, muito famoso que fez bastante trabalho para o Senhor e ele morreu e foi para o céu. Pedro estava parado nos portões e perguntou: “Você aprender a amar?" e foi a única coisa que ele perguntou. E ele não aprendeu a amar, aprendeu a estudar, mas não aprendeu a amar. Então, São Pedro disse: “Volte à terra e aprenda a amar”. Ele teve sorte, ele teve uma segunda chance.

Portanto, o Senhor está deixando bem claro, não são os altamente instruídos e os que estão muito equilibrados, bem falados e articulados. Esse não é seu critério para o céu. Seu critério para o céu é que tipo de coração você tem? Você era egoísta ou doador? Quando você viu uma necessidade, você deu? Você cuidou dEle na pessoa dos pobres e necessitados? Esse será o critério. Gente, Ele deixou bem claro nas escrituras, Ele deixou tão claro e ainda assim pensamos no sucesso da comunidade cristã como pessoas que estão bem e que fizeram muitas coisas boas em suas vidas no que diz respeito ao mundo. É assim que julgamos e achamos que eles são o ideal, eles não são o ideal. O ideal poderia ser o mendigo que estava deitado em cima de um bêbado que estava morrendo porque estava morrendo de frio e o mantinha aquecido e aquele homem vivia, mas o que estava em cima dele para mantê-lo aquecido morreu. Agora ele está no céu como rei. Esta é uma história de uma experiência que Rick Joyner teve, acredito que foi Rick Joyner. Perdoe-me se eu citei errado, mas acho que foi Rick quem teve essa experiência. Portanto, os padrões dEle e os nossos são bem diferentes. Deus nos ajude a abraçar o Seu caminho. Então, peço que olhe profundamente em seu coração, examine sua vida, quais são suas prioridades? Quando foi a última vez que você se importou com alguém que não podia fazer nada por você, mas tinha muitas necessidades? Você está cuidando de Cristo entre os pobres? Se estiver, creio que pode ter certeza de que o Senhor o levará para casa, mas se não estiver, por favor, arrependa-se, mude de atitude e cuide do Senhor no corpo dos quebrantados, solitários e pobres.

Pai, nenhum de nós pode fazer isso sem a Sua graça. Por favor, neste momento, conceda convicção a nossos corações pelos tempos em que nos perdemos e vivemos egoisticamente por nós mesmos, evitando as necessidades dos outros com os quais poderíamos ter ajudado. Por favor, pai, perdoe-nos por esses tempos e mostre-nos agora, hoje e no futuro, como podemos amar você através de seus pobres. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário