domingo, 17 de novembro de 2019

O Verdadeiro Louvor - Crônica de Ezekiel

O Verdadeiro Louvor - Crônica de Ezekiel
True Praise - Ezekiel Chronicle
17 de novembro, 2019
(Originalmente escrito em 2 de janeiro de 2010)


Meu Jesus, oro hoje por toda alma pequena, fraca e quebrada deste mundo que aprendeu a alcançar a Ti. Para que eles possam se apegar a você com toda a sua força, conhecendo e recebendo o Grande Amor que Você tem, o Prazer que Você tem por almas simples e humildes. Amém.

Ezekiel começou a falar ao Senhor: Boa noite, querido Jesus. Embora seja um pouco mais cedo hoje à noite, agora que entrei no meu quarto, senti uma doçura inconfundível aqui. Sua presença é tão tangível, tão verdadeira e real. Isso torna tudo muito mais completo e rico para mim.


Obrigado, Senhor, novamente, por tudo o que você faz por nós. Você está conosco constantemente, quer estejamos cientes disso ou não. Quando você chega em uma sala ou local, automaticamente traz consigo muitos presentes bons e maravilhosos. Parece apenas fazer parte do modo como você trabalha, quase uma ordem "embutida" que faz com que tudo o que é sagrado o siga e certamente venha de você como nosso rei benevolente.

Se eu estou descansando, comendo, orando ou trabalhando, você está sempre aqui comigo. Não importa o que eu possa estar fazendo em um determinado momento, Sua Presença Amorosa é tão forte e Você permeia a atmosfera com Sua gentileza doce e gentil. Simplesmente não há como negar que você está aqui, e aqui você escolheu ficar com cada alma fiel que o ama.

Sei que digo muito isso, mas Senhor, sou muito grato. Se alguém me perguntasse: "Qual você diria que é o seu sentimento mais frequente?", Então eu teria que dizer: "Gratidão absoluta e avassaladora!" Se eles perguntassem: "Qual é a sua principal motivação?", Eu diria "Gratidão!"

Existem muitas maneiras de descrever você, meu Deus. Se alguém escrevesse tudo, estou convencido de que seria necessário, não o mundo inteiro - mas todo o Universo para conter as páginas. E ainda haveria mais a acrescentar.

Meu Senhor, meu Deus, e meu tudo. Deus verdadeiro de Deus verdadeiro. Vida da Vida e Luz da Luz. Tu és. Você é tão magnífico, mas tão humilde e oculto. Você é que tudo dá e tudo serve. O Criador de todo o Céu e Terra, você desce das alturas para andar tão pouco e tão pequeno conosco; Oh Amado, Oh Criador - nosso Salvador!

Jesus respondeu: “Minha alma preciosa, querida e amorosa. Como meu coração se alegra com você com prazer! As próprias estrelas que você olha a cada noite cantam louvores a Mim por aqueles como você. Diligentemente, você me busca. Fielmente, você vem a Mim, sempre e em toda parte.

“É pelo Meu Divino Favor que você é do jeito que é. Eu o cultivei, e tantos outros como você, para perpetuamente Me louvar. Sua adoração a Mim, e sua completa dependência de Mim, são o que Me atrai para você de novo e de novo.

“Você sempre questionou exatamente o que é o verdadeiro elogio. Você não quis ser superficial ou insincero, e eu honro isso.

“Amado, é disso que o Verdadeiro Louvor é feito. É composto de almas pequenas e frágeis que não têm força própria, fazendo com que elas corram para Mim repetidamente. Vocês são as almas que ainda Me trazem tal Consolação, no meio de tão grande apostasia e queda. Vocês são os que causam muito prazer dentro da Minha Alma.

“Eu celebro almas como a sua e espero com grande expectativa o tempo em que Minha Noiva estará totalmente preparada para Mim. Só daqui a pouco, e tudo estará terminado. Um breve momento, e você estará comigo em toda a plenitude!

“Até aquele momento, do qual até agora os Anjos do Céu se regozijam, continuarei a chegar a Você e atraí-lo com os mais doces cordões de amor. Meu amado, meu companheiro, o amigo do meu coração - acredite em mim agora: o tempo está chegando mais cedo do que você pensa. Seu Novo Nascimento e Nova Vida, em toda a perfeição deles, brilharão no firmamento do Paraíso, e as Hostes Celestiais cantarão sobre você com Alegria. Sua felicidade não terá limites. Satisfação e realização, alegria e paz eterna serão sua recompensa eterna!”

E esse é o fim de sua Crônica.

Que o Senhor os abençoe novamente hoje, queridos Moradores do Coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário